Go to Top

Unisc oferece ao Governo Estadual ultrafreezers para armazenar vacinas contra a Covid-19

A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) ofereceu sua infraestrutura ao Governo do Estado para apoiar o plano de vacinação contra a Covid-19. Se o governo estadual comprar imunizantes com a tecnologia de RNA mensageiro, como os utilizados em países da Europa e nos Estados Unidos, haverá necessidade de armazenamento em -70ºC. Para armazenar as doses nesta temperatura é necessário utilizar ultrafreezers, equipamentos que podem chegar a até -80ºC.
A Unisc é a única instituição que possui os ultrafreezers no Vale do Rio Pardo e disponibilizou à Secretaria Estadual de Saúde três dos seus cinco equipamentos para o armazenamento de vacinas, em caso de necessidade. Cada ultrafreezer possui capacidade para guardar, aproximadamente, mil doses. A Universidade também poderá disponibilizar a mão de obra dos seus profissionais para auxiliar no armazenamento correto dos imunizantes.
Segundo a doutora em Biologia Molecular e Celular, professora e Diretora de Inovação da Unisc, Andreia Valim, as universidades utilizam os ultrafreezers para armazenar materiais biológicos de pesquisas. “Diversos materiais pesquisados só ficam estáveis quando armazenados em temperaturas extremamente negativas. Como possuímos uma boa capacidade de armazenamento, poderemos disponibilizar três dos nossos equipamentos para guardar as vacinas contra a Covid-19”, explica.

Andreia também destaca que “a Unisc tem se colocado à disposição para apoiar a vacinação que precisa ser em massa para conter a pandemia. Então, estamos pensando e debatendo sobre a realização de campanhas educativas para conscientizar a população. Além de oferecer nossa infraestrutura e nosso trabalho, desejamos unir forças para combater a disseminação de notícias falsas que deixam a população com medo de se vacinar”.


– Em quais situações haverá necessidade de utilizar os ultrafreezers?

Algumas das vacinas contra a Covid-19 podem necessitar de uma estrutura especial para o seu armazenamento, como é o caso dos imunizantes desenvolvidos pela Pfizer/BioNTech e pela Moderna que possuem a tecnologia RNA mensageiro. Para manter a dose estável, e com funcionamento adequado, é necessário que o armazenamento seja realizado a -70ºC. Um freezer comum pode chegar a -20ºC e, por isso, é preciso utilizar o ultrafreezer que consegue atingir até -80ºC. As doses desta vacina devem ser retiradas do armazenamento somente algumas horas antes da aplicação na população.
De acordo com a Diretora de Inovação da Unisc, Andreia Valim, a universidade está buscando soluções para o armazenamento das vacinas independente do imunizante adquirido pelo estado. “Nós estamos trabalhando para criar as condições ideais, independente do imunizante que será utilizado. Nossa intenção é poder auxiliar tanto se for uma vacina que vai exigir o armazenamento a -70ºC, quanto se for uma vacina que se armazena de 2ºC a 8ºC, que é a temperatura de geladeira”, reforça.

 

– Unisc no enfrentamento da pandemia

A Unisc tem desenvolvido e apoiado diversas frentes para reduzir os impactos da pandemia na região. Desde março de 2020, foram criadas iniciativas nas áreas de pesquisa, de fabricação de equipamentos de proteção individual (EPIs), realização de testes diagnósticos por RT-PCR, de atendimento médico e de apoio psicológico à população, por exemplo. Além disso, até a tarde de hoje, 13, a Universidade já havia realizado 5.081 diagnósticos de testes para Covid-19 do tipo RT-PCR em seus laboratórios.

Foto: Desirê Allram

Fonte: Unisc

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful