Go to Top

FMS e UESPI criam plataforma virtual para avaliação inicial de saúde dos pacientes

Durante a pandemia, a internet se mostrou uma ferramenta importante para garantir o acesso a informações e serviços. Por isso, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) está ampliando o uso da web. Dessa vez com a criação de uma plataforma para aproximar ainda mais os usuários e rede de saúde por meio da avaliação virtual do estado de saúde de cada paciente. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a FMS e o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade, da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

O projeto piloto está sendo desenvolvido em três Unidades Básicas de Saúde (UBS) da zona Sul: Cristo Rei, Vermelha e Monte Castelo. A plataforma virtual vai fazer a avaliação das condições de saúde iniciais do usuário, que será informado sobre qual o serviço de saúde mais adequado à sua situação. “Após se identificar, o usuário responde um questionário com questões que serão analisadas para a classificação do caso como alto, médio ou baixo risco”, explica o coordenador da Residência da UESPI, Vinícius Oliveira. “O paciente será então orientado sobre qual o profissional de saúde mais adequado para avaliar sua condição e se o problema dele requer uma consulta presencial na UBS, atendimento por teleconsulta ou uma visita domiciliar”, diz ele.

De acordo com Vinícius Oliveira, os questionários se baseiam em seis eixos temáticos, que tentam de uma maneira ampla abarcar vários problemas de saúde. Para ter acesso à plataforma, o usuário precisa acessar um link, que será fornecido pela equipe da Estratégia Saúde da Família por mensagem de texto ou durante a consulta, para agendamentos futuros. “Ele também pode encaminhar, por meio de um comando de compartilhamento existente no site, para familiares e conhecidos”, orienta o coordenador.

Ele ressalta que o principal objetivo do projeto é facilitar o acesso à informação e garantir a segurança em tempos de pandemia da Covid-19, pois a população não precisaria se deslocar às UBS. Foi o caso do usuário A., que deixou feedback no próprio site. “Achei o questionário bem elaborado. Espero que essa ferramenta aproxime ainda mais os usuários do SUS aos serviços de saúde”, comentou.

A partir dos resultados do trabalho, a FMS fará um estudo para ampliação do projeto para outras zonas da cidade.

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful